9 de out de 2013

Organizações tentam suprir falta de cadastro nacional de desaparecidos; conheça as principais



Do R7

Apesar do alto número de pessoas que desaparecem no Brasil todos os anos, o País carece de um cadastro nacional de dados que funcione satisfatoriamente. Em março deste ano, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com o Ministério da Justiça, lançou a nova versão de um site que existe desde 2009.

No entanto, o chamado Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos registra, até hoje, pouco mais de 300 casos. Número pequeno diante da demanda nacional (visite o site: http://www.desaparecidos.gov.br/).

Para suprir essa carência, a sociedade civil criou organizações que lidam com o tema e buscam fazer cadastros próprios. Veja abaixo a lista das principais entidades não governamentais e de alguns sites de Polícia Civil direcionados para casos de desaparecimento.
Não governamentais

  • Mães da Sé
http://www.maesdase.org.br/
  • Mães em Luta
http://www.maesemluta.org.br/procura_se.php
  • CriDesPar
http://www.cridespar.org.br/
  • Mães do Brasil
http://blogdasmaesdobrasil.blogspot.com.br/
  • Desaparecidos do Brasil
http://www.desaparecidosdobrasil.org/criancas-desaparecidas/


Estaduais
Desaparecidos MG
http://www.desaparecidos.mg.gov.br/
SSP São Paulo
http://www.ssp.sp.gov.br/servicos/pessoas_desaparecidas.aspx
FIA (RJ-GOV)
http://www.fia.rj.gov.br/sos.htm
Goiás
http://www.policiacivil.go.gov.br/categoria/pessoas-desaparecidas
Assista ao vídeo


0 Deixe sua opinião :

Postar um comentário